quarta-feira, 10 de maio de 2017

O privilégio de administrar o próprio lar



– Você não trabalha?
– Não. Lavo, passo é cozinho por diversão! 

"Você é SÓ dona de casa?", "Deixa seu marido se virar", "As crianças já estão grandes, não precisam mais de você", "Mas você é tão inteligente"
Quem nunca se deparou com pessoas que fazem esses comentários sem noção, que atire a primeira pedra!
É impressionante a forma que as pessoas se preocupam em cuidar da vida das donas de casa, tratando-as como escravas ou ociosas.

Costumam pensar que são infelizes e se incomodam com o fato delas renunciarem várias coisas para se dedicarem unicamente à família e à casa.

Essas pessoas mal sabem que não há felicidade maior do que acompanhar o desenvolvimento dos filhos e ver o alívio no olhar do marido quando ele chega do serviço cansado e há uma comidinha fresquinha para ele, um lar aconchegante e a amada à sua espera. Mal sabem que NEM TODO O DINHEIRO DO MUNDO paga o privilégio de administrar o lar do jeito que prefere, servir a família com amor e não terceirizar a criação dos filhos. Se soubessem, certamente não falariam tantas asneiras e não tratariam as donas de casa como algo inferior.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Antes de fazer seu comentário: ele deve ser relacionado ao post, e feito respeitosamente. Reservo-me o direito de não publicar comentários que julgue desnecessários ou desrespeitosos. Os comentários não expressam a minha opinião e são de total responsabilidade de seus autores.