segunda-feira, 2 de março de 2015

Não use dispositivos móveis na companhia de amigos

Por Elaine M. Jordan


Traduzido por Andrea Patrícia


 H038_Ipod-1


Enquanto a tecnologia avança e permite que tenhamos uma comunicação quase instantânea com gente do mundo inteiro, ela está criando alguns costumes contraditórios.


A contradição é que, para nos comunicarmos com os outros que estão longe, nós estamos obstruindo a comunicação com nossos amigos mais próximos.


De fato, estamos cada vez mais vendo jovens – e infelizmente não somente os jovens – usando seus dispositivos móveis para usar a internet e comunicar-se com outros amigos ou buscar informações enquanto estão juntos para uma refeição ou para tomar um café.


Quando nós estamos juntos com os amigos, nós deveríamos apreciar sua companhia e manter uma boa conversa com eles. É o que se pressupõe de qualquer encontro normal. Isso é o que é amizade. Entretanto, quando nós usamos este tempo para nos comunicar com outros, nós estamos menosprezando os amigos que estão presentes, dizendo implicitamente: “eu não me importo com você, eu tenho gente mais interessante com quem conversar”.


H038_Ipod-2


Mesmo se você está buscando alguma informação para enriquecer a conversa, não fique online a não ser que seus amigos peçam para que faça isto. Caso contrário, isto é uma ofensa, como se você estivesse lendo um livro enquanto está no encontro com eles. a mensagem que você envia é: “Vocês são tão entediantes que eu tenho que ler um livro para escapar de sua companhia”. O mínimo que podemos dizer é que isto não é lisonjeiro para eles.


Em vez de usar seus dispositivos eletrônicos, tente bater papo com seus amigos enquanto se encontram para um petisco ou uma bebida ou uma refeição, e mostre que você valoriza a companhia deles. Uma boa conversa entre amigos é um dos maiores prazeres da vida.



Não use dispositivos móveis em encontros com os amigos.




Original aqui.



6 comentários:

  1. As pessoas hoje em dia andam com os celulares praticamente colados no rosto, o tempo todo, inclusive enquanto andam ou atravessam uma rua!! É tão feio isto.

    ResponderExcluir
  2. É mesmo. E ainda há aqueles que dizem que não tem tempo para rezar, mas tem tempo de sobra para mexer no celular... que coisa!

    ResponderExcluir
  3. Muito bem Maria Rosa! Boa lição de vida e educação!

    ResponderExcluir
  4. Essa geração videogame não sabe pronunciar uma palavra corretamente e fica 24 horas dependente de parafernálias. Eu tenho celular, vez ou outra vejo algo, mas não sou viciada nisso. Não baixo jogos, não gosto de ficar tirando fotos. Aliás faz 4 anos que não sei o que é comprar celular, pois sempre herdo o do meu marido..rs
    Quando você fica no celular direto e deixar os seus amigos, cônjuge a ver navios você está declarando que "você não é tão importante"..!

    ResponderExcluir
  5. Aqui em casa é parecido, não damos tanta importância ao celular. Meu marido sempre "herda" o de alguém da família, e eu compro sempre os modelos mais simples. É chato estar com as pessoas e ver que elas não estão realmente lá, e sim com a mente noutro lugar, noutras pessoas. Males do nosso mundo pós moderno.

    ResponderExcluir

Antes de fazer seu comentário: ele deve ser relacionado ao post, e feito respeitosamente. Reservo-me o direito de não publicar comentários que julgue desnecessários ou desrespeitosos. Os comentários não expressam a minha opinião e são de total responsabilidade de seus autores.