quinta-feira, 11 de dezembro de 2014

Sobre amamentação e a indústria do leite artificial

south-african-milk-nurses_nestle_1950sVendedoras disfarçadas de enfermeiras num hospital da África do Sul (ca. 1950)

.

Muito interessantes estes artigos indicados abaixo. Para refletir sobre a importância da amamentação, sobre as influências de pediatras que nem sempre possuem as melhores intenções, sobre a indústria que em vez de ajudar a quem realmente não pode amamentar (casos raros) termina por criar uma demanda artificial. Cada mãe sabe de seus problemas, de suas lutas e de suas dores, portanto não condeno quem não amamentou por problemas sérios ou pura ignorância e desinformação. Mas acho importante pensar se de fato a mulher não pode ou não quer amamentar.


A parte 3 do texto possui dicas para amamentar exclusivamente até os seis meses do bebê.


Deixo claro que não concordo com exatamente tudo o que a autora escreveu, discordo de algumas coisas, mas concordo em linhas gerais com o que ela colocou nos textos: sobre o perigo desta indústria e principalmente sobre a importância do leite materno.


Leiam e reflitam:




Informem-se!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Antes de fazer seu comentário: ele deve ser relacionado ao post, e feito respeitosamente. Reservo-me o direito de não publicar comentários que julgue desnecessários ou desrespeitosos. Os comentários não expressam a minha opinião e são de total responsabilidade de seus autores.